search

Nossa atuação

A visão de prioridade absoluta contida no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), no Estatuto da Juventude e na Convenção sobre os Direitos da Criança da ONU (Organização das Nações Unidas) motiva o MIRIM a buscar parcerias com instituições governamentais, empresas, organismos internacionais, assim como a estar articulado com os conselhos de direitos, redes e fóruns, tanto em Pernambuco, quanto no Brasil e no mundo.

Pernambuco


O MIRIM atua no fortalecimento da participação social e política e, ao longo de sua história, foi eleito diversas vezes para integrar conselhos de direito e fóruns nos níveis municipal e estadual. Tais eleições são o reconhecimento da presença marcante do Mirim nos espaços de discussão de políticas públicas e de construção de diálogo e de ações estratégicas para a efetivação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e do Estatuto da Juventude.

Atualmente, o MIRIM integra:

– Conselho Estadual de Direitos Humanos de Pernambuco
– Conselho Municipal de Políticas Públicas de Juventude do Recife
– Fórum de Juventudes de Pernambuco

Brasil

Nacionalmente o MIRIM é membro da Abong (Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais). Formada em 1991, une entidades com perfil político caracterizado pela tradição de contribuição à consolidação de novos sujeitos políticos e movimentos sociais; busca de alternativas de desenvolvimento ambientalmente sustentáveis e socialmente justas; promoção de direitos, construção da cidadania e da defesa da ética na política para a consolidação da democracia; e pelo compromisso de luta contra a exclusão, contra a miséria e contra as desigualdades sociais. Em consequência da sua atuação, a Abong tem reconhecido papel no Brasil, possuindo representações em conselhos de políticas públicas, comitês nacionais e internacionais, além de fóruns.

Internacional

No intuito de globalizar os direitos da criança, do/a adolescente e do/a jovem, o MIRIM atua junto com organizações internacionais, promovendo e participando de eventos como congressos, conferências, fóruns, reuniões e intercâmbios, estimulando e possibilitando a participação internacional de diversos membros.

A parceria entre o MIRIM e o Malala Fund começou em 2018. A entidade foi criada por Malala Yousafzai, uma jovem paquistanesa que foi vítima em 2012, quando ainda era adolescente, de um atentado do grupo talibã, por defender a educação de meninas. Em 2014, Malala se tornou a mais jovem ganhadora de um prêmio Nobel da Paz.

 

MIRIM integra o IFM-SEI (Movimento Internacional dos Falcões – Educação Internacional Socialista), rede mundial composta por cerca de 50 entidades de todos os continentes.

 

 

MIRIM faz parte do FLAJ (Fórum Latinoamericano de Juventude), ao qual estão vinculadas cerca de 30 organizações ou conselhos nacionais de juventudes dos países latinos, mantendo diálogo com a OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e ONU (Organização das Nações Unidas).

 

MIRIM possui uma parceria de longa data com a organização Unga Örnar, da Suécia. Junto com ela, nossa entidade tem desenvolvido projetos na área de formação de lideranças jovens como forma de contribuir para o empoderamento juvenil e renovação política no Brasil e no mundo. Por seis anos, estivemos formando lideranças jovens de ONGs que atuam no combate ao HIV e à AIDS em 15 países africanos. Em colaboração com prefeituras da Região Metropolitana do Recife, oferecemos formação em Direitos da Juventude para centenas de jovens. Também desenvolvemos formação em Direitos da Criança e do Adolescente para crianças de baixa renda da capital pernambucana, sempre valorizando os métodos de educação não-formal.

Paradox Zero